Nos últimos anos, a saúde escolar tem sido objeto de atenção entre a comunidade científica, principalmente no que concerne a alterações posturais e dores na região da coluna vertebral em crianças e adolescentes.

ORE | junho de 2017

Em virtude do grande número de adultos acometidos de doenças da coluna vertebral, os pesquisadores investigam na infância e adolescência possíveis causas para esses acometimentos. As alterações posturais e dores na coluna vertebral em crianças são apontadas como multicausais. Um dos fatores mais destacados em relatos científicos refere-se aos hábitos relacionados às atividades escolares. A permanência na postura sentada por longo período, a carga transportada nas mochilas escolares, bem como o modo de transporte e o modelo de mochilas utilizado têm sido pesquisados.

Consulte aqui o estudo.

Este estudo na comunicação social

O partido Nós, Cidadãos questiona a Secretaria da Educação sobre o grau de cumprimento que está a existir na Madeira relativamente às recomendações do Observatório de Recursos Educativos sobre o excesso de peso das bolsas escolares.
Jornal Económico | 14.09.18

Investigação propõe medidas para contornar o problema do excesso de peso das mochilas
Diário de Notícias/LUSA | 29.06.17

Com a casa às costas: o que levam os alunos dentro das mochilas?
Educare | 28.06.17