O Observatório dos Recursos Educativos disponibiliza neste espaço recursos para a lecionação de áreas transversais.

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA

EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE / EDUCAÇÃO SEXUAL

EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

EDUCAÇÃO PARA A INTERCULTURALIDADE

EDUCAÇÃO PARA A EUROPA

FILMES SOBRE QUESTÕES EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA

 

Vídeos:

A separação dos poderes (vídeo da School House Rock)

A separação dos poderes (vídeo da School House Rock)

Sites:

A Association Droits Partagés inclui na sua página várias fichas pedagógicas relativas aos Direitos do Homem e aos Direitos da Criança que podem ser utilizadas em contexto de aula.
http://www.droitspartages.net/

O Portal das Escolas – órgão do Ministério da Educação Português – integra na sua página web vários documentos, designadamente apresentações e jogos educativos relativos a áreas como “Cidadania e Mundo Atual”, “Cidadania e Sociedade”, Ciência Política”, “Educação para a Cidadania”, “Formação Cívica”, etc.
https://www.portaldasescolas.pt/portal/server.pt/community/00_recursoseducativos/259

Cidadania e Segurança

Guião de Educação do Consumidor

Direitos Humanos Aqui e Agora

Primeiros Passos Um manual de iniciação à educação para os direitos humanos

Todos os direitos são importantes! Um recurso educativo sobre a Convenção dos Direitos da Criança

Siniko – Para uma cultura de direitos humanos em África – Um manual para o ensino de direitos humanos

EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE / EDUCAÇÃO SEXUAL

Sites:

 

Neste portal podem encontrar–se, para além de planificações de aulas de educação sexual, uma imensa livraria, com artigos de acesso livre, sobre o ensino da saúde e da sexualidade.
http://www.sexedlibrary.org/

A sexualidade humana – reflexão ética

Caderno PRESSE 3º Ciclo

Caderno PRESSE Ensino Secundário

EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

Sites:

 

O Portal das Escolas – órgão do Ministério da Educação Português – integra na sua página web vários documentos, designadamente apresentações e jogos educativos relativos a áreas como “Saúde e Socorrismo” ou “Segurança e Saúde no Trabalho”.
https://www.portaldasescolas.pt/portal/server.pt/community/00_recursoseducativos/259

No site do The World Bank, nas suas rubricas “Resources for Youth and Schools” e “Data & Research”, é possível encontrar vários documentos de trabalho e estratégias passíveis de serem utilizadas no domínio da educação para a saúde.
http://www.worldbank.org/

Prioridade à saúde

EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO

Vídeos:

 

As 15 características de um efetivo empreendedor

Os 7 hábitos de sono de um empreendedor de sucesso

De onde vêm as boas ideias? (TED Talk de Steven Johnson)

De onde vêm as boas ideias?(animação de Steven Johnson)

Como ser um empreendedor? (vídeo dos Epipheo Studios)

Sites:

 

No sítio da Associação (sem fins lucrativos) Aprender a Empreender – Junior Achievement Portugal (JA Portugal) que procura desenvolver nas crianças e jovens seus associados o empreendedorismo, o gosto pelo risco, a criatividade e a inovação, poderá encontrar informação sobre vários programas especialmente vocacionados para o aprender do empreender e que são aí divididos entre sete áreas nucleares, em termos de conteúdos programáticos: cidadania, desenvolvimento de carreiras, economia, empreendedorismo, ética, literacia financeira e negócios.
http://www.japortugal.org/

Como elaborar um Plano de Negócios de Sucesso.

Guia Prático do Empreendedor.

Relatório “Educação para o Empreendedorismo nas escolas europeias – estratégias nacionais, currículos e resultados de aprendizagem” (em inglês)

Promoção do Empreendedorismo na Escola.

Guião de Educação para o Empreendedorismo.

Promover o espírito empreendedor através do ensino e da aprendizagem.

– Contribuir para a criação de uma cultura empresarial: um guia de boas práticas para a promoção de atitudes e competências empresariais através da educação.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Vídeo:

 

Climate Change (vídeo de animação dos Silverspace Animation Studios, S.L.)r

Sites:

 

A ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental disponibiliza na sua página web vários recursos e jogos pedagógico para utilizar na promoção da educação ambiental.
http://www.aspea.org/

O Portal das Escolas – órgão do Ministério da Educação Português – integra na sua página web vários documentos, designadamente apresentações e jogos educativos relativos a áreas como “Espaços Naturais e Educação Ambiental” ou “Ecologia”.
https://www.portaldasescolas.pt/portal/server.pt/community/00_recursoseducativos/259

Habitatz, Biodiversidade sem Limites: Plano de Atividades Educativas” (Fichas)

Uma Viagem pela Biodiversidade

Guião de Educação Ambiental: conhecer e preservar as florestas

Guião de Educação para a Sustentabilidade: a Carta da Terra

Pensa, Debate, Age! (Ficha de trabalho)

Questionários (Ficha de trabalho)

Assume um compromisso! (Ficha de trabalho)

Publicação Ecologize os seus hábitos!

És tu que controlas a mudança do clima. (Guia do aluno)

Faz ouvir a tua voz! (Ficha de trabalho)

A energia na minha casa! (Atividade)

Jogo das Energias. (Atividade)

Energia e Alterações Climáticas. (Ensino Básico)

 Energia e Alterações Climáticas. (Ensino Secundário)

Mudança do clima. (Apresentação)

EDUCAÇÃO PARA A INTERCULTURALIDADE

Vídeo:

 

O grande melting pot americano (vídeo da School House Rock)

Sites:

 

O OI – Observatório da Imigração, além de várias publicações e compilações estatísticas relativas à imigração e minorias étnicas em geral, disponibiliza também, neste domínio, bibliografias e filmografias.
https://www.acm.gov.pt/inicio

«Sou português. Como regressar a Portugal?», «Que tipos de autorização de residência existem?», «Fui vítima de discriminação. O que fazer?», «O que são as associações de imigrantes e o que fazem?», «Onde estão as principais comunidades de imigrantes em Portugal?» ou «Como posso aprender português?» são algumas das questões a que o novo portal do Alto Comissariado para as Migrações, que reúne informação e presta apoio, quer a imigrantes em Portugal, quer a emigrantes portugueses que se encontrem expatriados e queiram regressar ao País, responde. Nele encontrará também legislação em formato simplificado (perguntas e respostas), um motor de busca para informação sobre vistos e autorizações de residência, impostos e bolsas de emprego, entre outras informações.
https://www.acm.gov.pt/regressar/gabinetes-de-apoio

Aprender com a diversidade.
44 ideias simples para promover a tolerância e celebrar a diversidade
Uma escola, uma sala de aula… interculturais

EDUCAÇÃO PARA A EUROPA

Vídeos:

 

União Europeia – Infominuto (vídeo RTP)

O que é que a Europa já fez por nós?

50 anos da União Europeia no mundo

Google Earth na Sala de Aula – Evolução da União Europeia

Sites:

 

Centro de Informação Europeia Jacques Delors publica conteúdos pedagógicos dedicados ao Brexit (BRitain Exit):

1– Quiz_Brexit: Teste os seus conhecimentos sobre o tema Brexit, selecionando a resposta correta.
2– Sopa de Letras Brexit: Descubra na sopa de letras as palavras indicadas que estão relacionadas com a temática do BREXIT.

Historiana
O “Historiana – your portal do the past” é uma página dedicada à história da Europa, que oferece várias perspetivas à educação para e pela memória. A “velha” Europa tem, portanto, neste portal informação que coincide com a sua adjetivação informal.
http://historiana.eu

European Virtual Museum
O Museu Virtual Europeu é um portal que reúne os diferentes contributos de vinte e sete museus europeus. Nele podem visualizar–se artefactos da história da Europa, recorrendo a vários critérios de pesquisa: cronológico, geográfico, de contribuições do museu, de tipo de objeto ou ainda de rotas e itinerários do museu.
http://www.europeanvirtualmuseum.it/

Na página “primavera da Europa 2009: as ideias fazem a Europa avançar”, integralmente dedicada à aprendizagem da cidadania europeia, poderá encontrar, entre outros recursos, vários jogos didáticos intencionalmente concebidos para serem utilizados em contexto de aula.
http://www.springday2009.net/ww/pt/pub/spring2009/homepage.htm

A Biblioteca do CIEJD – Centro de Informação Europeia Jacques Delors, especializada em assuntos europeus, disponibiliza aos cidadãos um acervo com mais de 40.000 documentos. Fica localizada no Palacete do Relógio, no Cais do Sodré, em Lisboa.
A Infoeuropa, biblioteca em linha, é uma base de dados com referências bibliográficas e documentos em formato eletrónico (texto, áudio e imagem fixa e em movimento). Contém todo o fundo documental existente na Biblioteca do CIEJD.
http://infoeuropa.eurocid.pt/

O Centro de Informação Europeia Jacques Delors disponibiliza, na sua página web, no item “Aprender Europa””, um conjunto de materiais didáticos relativos à União Europeia.
http://www.eurocid.pt/pls/wsd/wsdwhom0.inicio /

A versão portuguesa do Portal da Europa disponibiliza informação muito variada sobre a Europa e os europeus, e contém ainda jogos e apresentações sucintas relativas à União Europeia.
http://europa.eu/index_pt.htm

A Cidadania Europeia I

 A Cidadania Europeia II

A União Europeia e o Mundo I

A União Europeia e o Mundo II

 A União Europeia e o Mundo III

A UE e os seus Estados–membros

EURO I

EURO II

EURO III

Integração Europeia I

Integração Europeia II

Integração Europeia III

– Tratado de Lisboa para alunos do Ensino Básico: Em poucas palavras, este documento apresenta uma explicação simples do Tratado de Lisboa, adequado aos alunos do Ensino Básico.

Tratado de Lisboa para alunos do Ensino Secundário: Este documento apresenta o Tratado de Lisboa de uma forma clara e direcionada para alunos do Ensino Secundário, contextualizando este acordo na história da União Europeia.

A Europa em 12 lições: Trata–se de uma síntese muito clara, e ideal para estudantes, sobre o que é a União Europeia.

Factos e Números Essenciais sobre a União Europeia: Neste documento, organizado sob a forma de uma apresentação, encontram–se várias estatísticas fundamentais para uma compreensão do que constitui este imenso e partilhado território.

 Como Funciona a União Europeia: Dedicado às instituições da EU – o que são e o que fazem.

 

FILMES SOBRE QUESTÕES EDUCATIVAS

 

Comment réconcilier les enfants avec la lecture (et le papier)?

02:17 | França | 2018

O multipremiado projeto EPOPIA estimula o gosto das crianças pela leitura e reconcilia-as com o papel. Através da troca de correspondência com uma equipa de 20 pessoas (argumentistas, ilustradores, pedagogos, etc.), o livro entra numa nova dimensão: o livro de papel interativo.

Madame Hyde

Serge Bozon
95’ | França/Bélgica | 2017
M/14

Baseado, em parte, num clássico de Robert Louis Stevenson, “Madame Hyde” é uma comédia que nos narra a transformação de uma professora que, ao ser atingida por um raio numa noite tempestuosa, deixa de ser uma mulher tímida e com problemas vários ao nível da socialização para se tornar decidida e agressiva no seu trato com alunos e colegas na escola secundária onde leciona. Haverá no entanto algo mais nesta nova professora?

O Workshop

Laurent Cantet
133’ | França | 2017
M/12

Realizado por Laurent Cantent, que com o filme “A Turma” ganhou a Palma de Ouro de Cannes em 2008, este filme marca o regresso do autor aos temas educativos e ao fenómeno da multiculturalidade. Um grupo de jovens frequenta um curso de escrita criativa em Marselha, e, neste contexto, ser-lhes-á atribuída por Olivia Dejazet, sua professora, a tarefa de desenvolver um romance policial que inclua aspetos da sua cidade, em geral, e da comunidade que cada um integra, em particular. Antoine, um desses jovens, escreverá um texto de teor racista, e com isso granjeará a ostracização por todos os outros. E quanto à professora? Apesar de desagradada com o tema, há ali algo, no texto e no rapaz, que carece da sua atenção.

The Florida Project

Sean Baker
111’ | EUA | 2017
M/14

Um motel de beira de estrada junto ao parque da Walt Disney, na Florida, é onde encontramos Moonee, uma criança de seis anos que vive com Halley, sua mãe. Ela é alegre e inteligente, e os seus dias são passados a brincar com outras crianças. Halley, pelo contrário, é uma jovem inconsequente que tem em subsídios estatais e alguns biscates pouco legais o seu modo de sobrevivência. Bobby, o gerente, é como que um pai para aquele pequeno grupo de crianças.

O Inimigo da Turma

Rok Bicek
112′ | Eslovénia | 2016
M/16

Quando a professora de alemão de uma turma eslovena vai de licença de maternidade, é substituída por Robert (Igor Samobor), um professor exigente e com especial gosto por impor a sua autoridade. Os alunos, habituados a um relacionamento próximo com a anterior docente, sentem-se intimidados por aquele estranho, que parece vê-los como inimigos. E as coisas complicam-se quando Sabina, uma rapariga sensível e pouco popular entre os colegas, abandona a sala em lágrimas depois de ser injustamente repreendida pelo professor. Quando, alguns dias mais tarde, os adolescentes ficam a saber que Sabina se suicidou, rapidamente encontram em Robert o “bode expiatório” de que necessitavam. De um momento para o outro, a rapariga de quem ninguém gostava torna-se uma espécie de símbolo para os seus protestos contra o excesso de autoridade do corpo docente…
Estreia na longa-metragem de Rok Bicek, um filme dramático vagamente inspirado em factos reais acontecidos num liceu que o realizador frequentou durante a juventude.

Os desastres de Sofia

Christophe Honoré
106’ | França | 2016
M/12

Sofia é uma menina traquina, de origem aristocrata, na França do século XIX. Tem em Paul, seu primo, um cúmplice das traquinices. Um dia tudo muda. A mãe morre e o pai casa-se com Madame Fichini, uma mulher que detesta crianças. Será Madame de Fleurville, a sua bondosa madrinha, quem, com as suas filhas, a acudirá nos mais variados sarilhos em que se envolverá.

Adeus, Rapazes

Louis Malle
104′ | França/Alemanha/Itália | 1987
M/16

França, durante a ocupação nazi. Julien, um rapaz quase a entrar na puberdade, estuda num internato católico. Iniciado o ano letivo, surge um novo aluno que tem algo de misterioso. Através de jogos, lutas e do descobrimento de interesses comuns, a amizade entre ambos irá crescer, tornando-se cada vez maior, sobretudo quando Julien descobre o que o diferencia de Jean: ele é ariano e o amigo é judeu. Adeus, Rapazes ganhou o Leão de Ouro do Festival de Veneza.

AfterSchool

António Campos
122′ | EUA | 2008
M/12

Robert é um jovem estudante numa Escola Preparatória de elite situada na Costa Este dos Estados Unidos que filma acidentalmente a morte trágica de dois colegas de turma. Após o acidente, as vidas dos alunos são homenageadas através de um projeto audiovisual destinado a sarar rapidamente o luto da comunidade escolar. Mas o trabalho em vídeo acaba por gerar um clima de desconforto e alimentar uma atmosfera de paranoia e suspeição entre os estudantes e os professores.

A Invenção da Infância 

Liliana Sulzbach
26′ | Brasil | 2000
M/12

Ser criança não significa ter infância. Uma reflexão sobre o que é ser criança no mundo contemporâneo.

Alone in Four Walls

Alexandra Westmeier
85´ | Alemanha | 2007

Uma viagem ao interior de um reformatório juvenil na Rússia onde estão presos jovens com menos de 15 anos condenados por vários tipos de delito: dos mais pequenos roubos aos mais graves homicídios. A maioria provém de famílias carenciadas e problemáticas, marcados por um clima de abusos físicos ou ausência parental e alcoolismo. Alone in Four Walls ouve atentamente o que as crianças têm a dizer, mas também procura retratar o meio de onde vêm.

Aniki Bobó

Manoel de Oliveira
68′ | Portugal | 1942
M/6

Dois garotos, o Carlitos (Horácio Silva) e o Eduardinho (António Santos), gostam da mesma rapariga, a Teresinha (Fernanda Matos). Um é audacioso, brigão, atrevido; o outro é de carácter tímido, bom, sossegado. A rivalidade vai-se acentuando e, um dia, para agradar à sua apaixonada, Carlitos rouba uma boneca. Teresinha sente-se inclinada para ele até que um dia, numa inocente brincadeira, Eduardinho escorrega por um talude e cai ao lado de um comboio que passa. Todos pensam que Carlitos o empurrou e todos passam a afastar-se dele, enquanto Eduardinho sofre numa cama de hospital. Carlitos pensa em fugir num barco ancorado no cais de Massarelos, mas tudo se esclarece por intervenção do dono da “loja das tentações” que vira o acidente e que, no final, tira todas as suspeitas de cima do jovem Carlitos. E os garotos lá puderam de novo jogar aos polícias e ladrões, ao jogo do Aniki-Bobó…

As tartarugas também voam

Bahman Ghobadi
98′ | Irão/França/Iraque | 2004
M/16

Numa aldeia do Curdistão iraquiano, na fronteira entre o Irão e a Turquia, os seus habitantes procuram desesperadamente uma antena parabólica para se manterem actualizados em relação à iminente invasão americana do Iraque… Chegado de uma outra aldeia, com a irmã mais nova e o filho dela, um rapaz mutilado tem um pressentimento: a guerra está cada vez mais perto…

O bater do tambor

David Hickson
108′ | África do Sul/EUA | 2003
M/16

O jovem Zulu Musa fica órfão quando uma misteriosa doença ataca a sua pequena povoação. À procura do seu tio e da verdade acerca do que está a matar estas pessoas, Musa faz-se à estrada, em direcção à grande cidade e apanha boleia na carrinha de Nobe, pai de quatro meninas e que sempre desejou um filho.¿Em Joanesburgo, Nobe tenta arranjar trabalho para Musa mas as ruas estão pejadas de crianças órfãs. Movido pela sua determinação em sobreviver e pela sua crescente noção social, Musa encontra uma forma honesta de viver e regressa à sua povoação com certezas e conhecimentos que os seus anciães nunca tiveram.

O Bom Rebelde

Gus Van Sant
121′ | EUA | 1997
M/12

Will Hunting (Matt Damon) é um jovem brilhante mas, tal como os seus amigos, passa os dias de trabalho entre o bar local e a esquadra de polícia mais próxima. Ele nunca entrou numa universidade, a não ser como empregado de limpeza do M.I.T. No entanto, tem uma memória fotográfica e uma capacidade inacreditável de resolver problemas matemáticos mais complicados.
Com apenas 20 anos, este carismático rebelde não consegue evitar uma sentença de prisão pendente. Só um professor (Robin Williams), admirador do seu talento é capaz de sentir a sua revolta emocional, pode ajudá-lo a compreender e aproveitar as suas excelentes capacidades.

Bully

Lee Hirsch
90′ | EUA | 2011
M/17

As histórias de Tyler Long e Ty Smalley – que acabaram por se suicidar – servem de mote ao desvelamento destemido do fenómeno bullying, que muitos insistem em não querer ver. O documentário leva-nos até ao ano lectivo de 2009-2010, nos estados norte-americanos do Iowa, do Mississipi, da Geórgia e do Oklahoma, retratando a situação de muitas vítimas de bullying e das famílias que com elas lidam.

Céu de outubro

Joe Johnston
108′ | EUA | 1999
M/12

Céu de outubro é baseado numa história real de esperança, força de vontade e triunfo de um jovem inconformado com a vida. Em 1957, na cidade mineira de Coalwood – West Virginia, um jovem estudante, Homer (Jake Gyllenhaal), vê brilhar no céu o satélite Sputnik. Impressionado e deslumbrado, nesse momento, descobre ‘a luz ao fundo do túnel’ decidindo que as estrelas são o seu objetivo. Com a ajuda de uns colegas e da sua professora (Laura Dern), inicia um arrojado plano para construir o seu próprio foguetão de modo a explorar o espaço. Apesar dos diversos obstáculos incluindo testes falhados de lançamento que quase acabam com a pequena cidade, Homer supera os impossíveis neste filme cheio de humor, com grandes clássicos do rock-n-roll e excelentes jovens interpretações. Céu de outubro é ‘uma grande experiência cinematográfica. É difícil imaginar que alguém… não se ria, não chore e não adore este filme’ refere Robert W. Butler (Knight Ridder News Service).

O clube do imperador

Michael Hoffman
109′ | EUA | 2002
M/12

William Hundert (Kevin Kline) é um professor, verdadeiramente apaixonado pelo seu trabalho, que crê firmemente que a vida de um cidadão deve ser regida por princípios de integridade.
Esta é a mensagem que tenta transmitir aos seus alunos. Contudo, o seu método de ensino vai ser posto à prova por um novo aluno, Sedgewick Bell (Emile Hirsh), filho de um Senador, que entra em confronto direto com o professor e tenta arrastar os colegas nos seus atos de rebeldia. O desafio a que Hundert se propõe é modificar o carácter rebelde de Sedgewick, e ganhar a sua confiança…

Clube dos Poetas Mortos

Peter Weir
124′ | EUA | 1989
M/12

Quando John Keating é admitido como novo professor de Inglês num prestigiado e conservador colégio interno norte-americano, na década de 50, os seus métodos de ensino pouco convencionais irão revolucionar as tradicionais práticas curriculares. Com o seu talento e sabedoria, Keating inspira os seus alunos a perseguir as suas paixões individuais e tornar as suas vidas extraordinárias. Mas o suicídio de um dos alunos, membro do “clube” que organizaram em colaboração com o professor Keating, vai abalar o “clube” e os seus membros e obrigar à identificação dos culpados. Keating é expulso da escola…

O contador de histórias

Luis Villaça
110′ | Brasil | 2009
M/12

Aos seis anos, Roberto Carlos Ramos é internado pela sua mãe numa instituição para menores carentes em Belo Horizonte. Dotado de imaginação fértil, chega aos 13 anos analfabeto, com mais de 100 fugas no currículo, várias infrações e o diagnóstico de irrecuperável. O encontro com uma pedagoga francesa mudará, para sempre, a vida de Roberto.

Os coristas 

Christophe Barratier
92′ | França/Suíça/Alemanha | 2004
M/12

Em 1949, Clément Mathieu, um professor de música desempregado, aceita trabalho como supervisor num colégio interno para reeducação de menores. Apesar da sua boa vontade, o sistema repressivo aplicado por Rachin, o atual diretor, impossibilita Mathieu de exercer a sua autoridade sobre os alunos mais problemáticos. A sua missão de ensinar parece condenada ao fracasso, mas ao familiarizar as crianças com a magia do canto, Mathieu vai transformar para sempre as suas vidas.
Os Coristas tornou-se um verdadeiro sucesso de bilheteira, sendo um dos filmes franceses mais vistos nos últimos anos. O filme que encantou o mundo foi ainda nomeado para os Óscares de Melhor Filme Estrangeiro e de Melhor Canção Original.

Crianças invisíveis

Mehdi Charef, Emir Kusturica, Spike Lee, Katia Lund, Jordan Scott e Ridley Scott, Stefano Veneruso, John Woo
116′ | França/Itália | 2005
M/12

A perturbante história de Mehdi Charef, Tanza, retira o seu nome do herói do filme, um rapaz de 12 anos que se alista num exército de lutadores pela liberdade; o inspirado segmento de Emir Kusturica, Blue Gypsy, conta a comovente história de um jovem cigano; o poderoso filme de Spike Lee, Jesus Children of America, conta-nos a luta de uma adolescente de Brooklyn que descobre ser a filha seropositiva de um casal de toxicodependentes; a pungente contribuição de Katia Lund, intitulada Bilu & João, retrata um dia na vida de duas crianças com espírito de iniciativa, nas ruas de São Paulo; Jordan Scott e Ridley Scott codirigiram o hipnótico Jonathan, escrito por Jordan, descrevendo a vida de um repórter fotográfico, cuja desesperada necessidade de escapar ao seu tormento pessoal o permite regressar à sua infância; Stefano Veneruso coescreveu e dirigiu Ciro, a história de um jovem a viver entre o crime e as brincadeiras próprias da sua idade, nos bairros pobres de Nápoles; e o tocante filme de John Woo, Song Song & Little Cat, segue o laço muito especial entre um órfão sem dinheiro e uma jovem rica mas, perturbada.

O Dia da Saia

Jean-Paul Lilienfeld
87′ | França | 2008
M/16

Sonia Bergerac, uma professora de francês, é vítima de descontrolo emocional causado pelo stress provocado pela indisciplina dos seus alunos, pelas constantes faltas de respeito e pela falta de apoio de quem lho deve. Um dia descobre na sala de aula uma arma a sair de uma mochila, toma-a e, à falta de melhor solução, usa-a para controlar os alunos e poder tentar dar a matéria… Um drama intenso que nos apresenta um rol de problemas habituais nas escolas francesas, mas também nas portuguesas, como indisciplina, abusos sexuais, racismo e até violência para com os docentes.

Os Edukadores

Hans Weingartner
128′ | Alemanha | 2004
M/12

Jan e Peter são amigos e ativistas revolucionários autodenominados «Os Edukadores». A sua ação baseia-se em invadir mansões de milionários em férias, e redecorá-las com frases antissistema como: «Os vossos dias de abundância estão contados». A namorada de Peter, Jule, é despejada e muda-se para a casa que este partilha com Jan. Quando Peter viaja de férias para Barcelona, Jan oferece-se para ajudar Jule a pintar a sua antiga casa antes de esta entregar a chave ao senhorio. O tempo que passam juntos permite-lhes aprofundar a sua relação.
E Jan descobre que Jule tem uma dívida relativa a um acidente envolvendo o Mercedes-Benz de um poderoso empresário, Hardenberg, que lhe levará 8 anos a saldar. Em troca, Jan revela-lhe a sua faceta de “edukador”. Após o choque inicial, Jule convence Jan a visitar a mansão de Hardenberg com o intuito de se vingar…

Elephant

Gus Van Sant
79′ | EUA | 2003
M/16

Baseado parcialmente no massacre do Liceu Columbine, o realizador Gus Van Sant apresenta-nos Elephant, cuja ação se desenrola num dia num típico liceu norte-americano. Seguimos vários alunos nas suas atividades diárias, entre salas de aula, corredores, refeitório, biblioteca, balneários, gabinetes administrativos. Para cada um deles, o liceu é uma experiência diferente: amistosa, traumática, estimulante, solidária, difícil.
É um belo dia de outono. Eli, o fotógrafo, convence um casal punk a deixar-se fotografar a caminho da escola. John deixa as chaves do carro na secretária para o irmão mais velho ir buscar o pai. Nate termina o treino de futebol e vai encontrar-se com a namorada. Brittany, Jordan e Nicole coscuvilham nos corredores e comentam as chatas das mães que andam sempre a espreitar o que elas andam a fazer. Michelle corre para a biblioteca enquanto Eli tira uma fotografia a John.
Parece um dia normal na escola. Mas afinal não é.

O enigma de Kaspar Hauser

Werner Herzog
110′ | Alemanha | 1974

Um filme indispensável para educadores, psicólogos e admiradores do bom cinema. Vencedor do Grande Prémio do Júri em Cannes, O Enigma de Kaspar Hauser é uma das obras-primas do cineasta alemão Werner Herzog. Baseado em registos históricos, Herzog conta-nos o estranho caso de um jovem encontrado perdido numa praça de Nuremberga em 1828. Kaspar Hauser não falava nem conseguia ficar em pé. Passara a vida inteira fechado num porão. Seria possível civilizá-lo?

A esquiva 

Abdellatif Kechiche
120′ | França | 2003
M/12

Krimo é um adolescente de quinze anos que vive nos subúrbios de Paris. Os seus dias são cheios de aborrecimento até que ouve umas linhas de uma peça do século XIX, uma peça de Marivaux. A partir daí, nada mais parece o mesmo. Lydia, vestida com o seu traje histórico, faz parte do elenco da peça da escola. E Krimo apaixona-se por ela. E apesar da reputação que tem de manter, Krimo aceita um papel na peça para poder declarar o seu amor. Será que ele vai encontrar as palavras certas?

High School

de Frederick Wiseman
75´ | EUA | 1968

Filmado num dos maiores liceus de Filadélfia, High School capta o sistema escolar norte-americano não apenas como uma instituição onde se transmite o saber, mas onde se moldam valores sociais de uma geração para outra. Wiseman mostra-nos uma série de encontros informais entre professores, pais e alunos, além de administradores, através dos quais a ideologia e os valores da escola vão emergindo. A dada altura, observamos um docente a repreender um dos alunos: “Nós estamos aqui para garantir que te tornas num homem e que sabes receber ordens.”

High School II

de Frederick Wiseman
220´ | EUA | 1994

25 anos depois, Wiseman regressa ao mundo do liceu e observa as diferenças. High School II é um filme sobre a Escola Secundária de Central Park Este (ESCPE), um estabelecimento alternativo de sucesso no Harlem hispânico de Nova Iorque, onde 85 a 90 por cento dos finalistas consegue ingressar na universidade. O filme ilustra o empenho deste estabelecimento no programa “Hábitos da Mente” e a sua peculiar abordagem ao ensino que inclui várias atividades de turmas de Ciências e Humanidades, reuniões com familiares, debates sobre raça, classe e género, encontros entre os docentes, problemas disciplinares, educação sexual, gestão de conflitos pelos alunos e conselhos de estudantes.

Hold Me Tight, Let Me Go

Kim Longinotto
100´ | Reino Unido | 2007

A Mulberry Bush School, em Oxfordshire, na Inglaterra, é uma escola especializada em lidar com jovens problemáticos, principalmente aqueles oriundos de famílias disfuncionais e que qualquer outra instituição já desistiu de recuperar. Aqui existem mais de cem responsáveis, entre docentes e empregados, para apenas cerca de quarenta crianças com sérios traumas psicológicos que não hesitam em esbofeteá-los, insultá-los e dar-lhes pontapés. E no entanto, os extremos tocam-se, pois estas crianças são capazes também de enormes manifestações de carinho e afeição, numa difícil luta entre o equilíbrio e a harmonia.

If… (Se…)

Lindsay Anderson
111′ | Dinamarca | 1969

Na rebelde década de 60, um estudante, Mark Travis, lidera uma revolução numa escola tradicional inglesa. Baseado no livro Crusaders (Guerrilheiros) de David Sherwin, o filme segue de perto a estrutura narrativa da obra que lhe serve de base, estando dividido em vários capítulos: 1. Moradia estudantil; 2. A Academia; 3. Tempo do período; 4. Ritual e romance; 5. Disciplina; 6. Resistência; 7. Rumo à guerra; 8. Guerrilheiros.

Leite

Semih Kaplanoglu
102′ | Turquia, França, Alemanha | 2008

A poesia é a grande paixão de Yusuf. Alguns dos seus poemas são publicados em jornais literários obscuros, mas nem estes nem o leite que vende – Yusuf trabalha numa leitaria com a sua dedicada mãe, entretanto viúva – se revelam suficientes para o sustento de ambos. Quando descobre que a sua mãe está a iniciar uma relação com o chefe da estação de comboio, o seu futuro na pequena cidade em que vive, que urge decidir, torna-se definitivamente uma incógnita. A vida adulta, que espreita, impõe-lhe algumas exigências.

Machuca

Andrés Wood
121′ | Chile/Espanha | 2004

Uma elitista escola tradicional chilena, em Santiago, passa por uma profunda transformação no ano de 1973, durante o governo de Salvador Allende e após o golpe militar. As contradições que caracterizam este período conturbado da história do Chile fazem-se sentir numa escola cujos diretores decidem passar a integrar crianças de meios desfavorecidos. Entre duas crianças de diferentes estratos sociais nasce a amizade quando a mais rica, instigada pelos seus pares, se recusa a bater na mais pobre.

Mel

Semih Kaplanoglu
103′ | Turquia | 2010

Yusuf é uma pacata criança de seis anos que vive numa remota aldeia da Turquia. Desconhece-se se seguirá a via aberta pelo seu pai que, muito seu amigo, é apicultor, ou se a escola lhe abrirá outras vias a que poderá corresponder. O seu futuro é, compreensivelmente, uma grande preocupação para a sua mãe. Um dia o seu pai não regressa da floresta, local que consolida o sustento desta família. Na escola, a leitura é também uma competência de difícil aquisição.

O Menino Selvagem

François Truffaut
82′ | França | 1970
M/12

No Instituto Nacional para surdos e loucos em Paris, um rapaz sujo e mal vestido é admitido. Encontrado numa floresta, a criança é incapaz de falar, comunicar, ou interagir em sociedade. Batizado de Victor pelos funcionários do hospital, o seu caso é aceite pelo Doutor Itard (Truffaut) um médico solitário que tem uma dedicação enorme ao rapaz e à sua reintegração na sociedade. Mas o percurso para amansar a “fera” é duro, e Itard terá de trabalhar incansavelmente para ensinar Victor a reclamar o seu lugar no mundo… mesmo que para isso ponha em causa a sua carreira.

Mentes perigosas

John N. Smith
97′ | EUA | 1995
M/12

Michelle Pfeiffer (Batman Regressa, Lobo), uma das mais populares atrizes de Hollywood, oferece-nos um poderoso desempenho como uma ex-Marine que decide ser professora de inglês, neste explosivo êxito aclamado pela crítica. Concretizando o seu sonho de lecionar, LouAnne Johnson (Pfeiffer) é colocada como professora de um grupo de rebeldes adolescentes que aceitam o insucesso como forma de vida. Determinada em ganhar-lhes a confiança e a fazer a diferença nas suas vidas, LouAnne não olha a meios para atingir fins aprendendo, no limite, algumas duras lições.

Mentes que brilham 

Jodie Foster
95′ | EUA | 1991
M/12

Dede é uma mãe solteira a tentar criar o seu filho Fred. Quando descobre que Fred é um génio, ela fica determinada a garantir que Fred tenha todas as oportunidades que precisa, sem que seja explorado por pessoas que se esquecem que, por detrás de uma mente brilhante, está apenas uma criança com sentimentos.

Mr. Holland Opus – o Professor

Stephen Herek
143′ | EUA | 1995
M/12

Mr. Holland’s Opus é a história de como um professor de música – Mr. Holland, magnificamente protagonizado por Richard Dreyfus – consegue transformar as vidas dos alunos com quem entrou em contacto, mas também, como a sua própria vida é modificada pelo contacto que tem com os alunos. Pode-se dizer que é a história de como uma vida se pode modificar a partir do momento em que assume a sua vocação, neste caso, a de professor.

Ninguém sabe

Hirokazu Koreeda
141′ | Japão | 2004
M/12

Quatro irmãos vivem felizes com a mãe num pequeno apartamento em Tóquio. As crianças têm todas pais diferentes. Nunca foram à escola. A própria existência de três deles tem sido escondida do senhorio. Um dia, a mãe deixa algum dinheiro e uma nota a pedir ao seu rapaz de 12 anos para olhar pelos seus irmãos mais novos. E assim começa a odisseia das crianças…

A onda

Dennis Gansel
106′ | EUA | 2008
M/16

Um professor do ensino secundário propõe aos seus alunos uma experiência que tem como objetivo perceberem como funciona um regime totalitário. Os alunos iniciam então o projeto que terá consequências trágicas. Ao fim de alguns dias, noções inicialmente inofensivas tornam-se um verdadeiro movimento: a Onda. E ao terceiro dia, os alunos começam a excluir e perseguir aqueles que não se unem à causa. Quando o conflito explode e a violência vem ao de cima, o professor resolve terminar o projeto. Mas é demasiado tarde, a Onda já é incontrolável.

Onde fica a casa do meu amigo?

Abbas Kiarostami
83′ | Irão | 1987

O garoto Ahmad, ao fazer os seus trabalhos de casa, percebe que levou o caderno do seu amigo por engano. Sabendo que o professor exige que as tarefas sejam feitas no caderno, foge da sua mãe e parte à procura do seu colega. Vai até uma vila nos arredores com o intuito de encontrá-lo para lhe devolver o caderno. Chegando lá, encontra-se com diversos moradores e vivencia o dia a dia de cada um num ritmo extremamente real. A lição de princípios que este filme nos dá é o ponto alto da obra.

Osama

Siddiq Barmak
79′ | Afeganistão | 2003
M/12

Uma rapariga de 12 anos e a sua mãe perdem os seus empregos quando os Taliban decidem fechar o hospital onde trabalham. Os Taliban proíbem as mulheres de saírem de casa sem uma “companhia legal”. Com a morte do seu marido e do seu irmão e ficando sem ninguém para sustentar a família, além de não poder saír de casa, a mãe fica num beco sem saída. Sentindo que não tem outra opção, ela decide disfarçar a sua filha de rapaz. Sob o nome de OSAMA, a rapariga embarca numa terrível e confusa viagem em que é preciso impedir a todo o custo que os Taliban descubram a sua verdadeira identidade. Inspirado numa história verídica,”OSAMA” é o primeiro filme inteiramente Afegão rodado desde a ascenção e queda do regime Taliban.

Páginas de Liberdade

Richard LaGravenese
118′ | EUA | 2007
M/12

A duplamente galardoada com um “Óscar da Academia” Hilary Swank brilha nesta apaixonante história sobre jovens vindos de bairros degradados, criados no meio de tiroteios e de um ambiente violento, e uma professora que lhes dá o que eles mais precisam: uma voz própria. Largada na “zona de tiro” de uma escola dilacerada pela violência e pela tensão racial, a professora Erin Gruwell trava uma batalha para fazer com que a sala de aulas passe a ter importância nas vidas destes estudantes. Agora, contando as suas próprias histórias e ouvindo as histórias dos outros, um grupo de jovens, supostamente “incorrigíveis”, irá descobrir o poder da tolerância, reclamar as suas vidas despedaçadas e mudar os seus mundos. Com desempenhos electrizantes por parte de um elenco de estrelas, em que se inclui o vencedor do Globo de Ouro Patrick Dempsey (Anatomia de Grey) e a estrela de música Mário, Páginas de Liberdade é baseado no aclamado best-seller, The Freedom Writers Diary.

Paranoid Park

Gus Van Sant
85′ | EUA/FRA | 2007
M/12

Alex, um jovem skater de 16 anos, vê-se envolvido na morte de um segurança nas imediações do mítico Paranoid Park, o mais famoso skate park de Portland. A investigação policial começa e Alex decide manter o acidente em segredo. Baseado num romance de Blake Nelson.

Ponette

Jacques Doillon
93′ | França | 1996
M/12

Ponette sobrevive a um acidente de carro em que morre a sua mãe. Ela enfrenta grandes dificuldades para entender o ocorrido. O pai leva-a para o campo, onde a sua tia lhe diz que a mãe está com Jesus, que ressuscitou e venceu a morte, e ela passa as noites à espera.

Professor Lazhar

Philipe Falardeau
94′ | Canadá | 2012
M/12

Montereal, Canadá. Bachir Lazhar (Mohamed Fellag) é um imigrante argelino que acaba de ser contratado para substituir uma professora que se suicidou na sala de aula. Enquanto as crianças atravessam um difícil processo de luto e superação da perda, ninguém poderia imaginar o drama pelo qual passa o novo professor, que corre o risco de ser deportado para o seu país a qualquer momento. E, apesar do enorme fosso cultural entre professor e alunos, vai nascer entre eles uma amizade e respeito profundos, que os ajudará a todos a ultrapassar as suas perdas.¿Com argumento e realização de Philippe Falardeau, “Monsieur Lazhar” é uma adaptação da peça de Evelyne de la Cheneliere e foi um dos filmes nomeados para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.

O quadro negro

Samira Makhmalbaf
82′ | Irão | 2000

Um grupo de professores, todos homens, atravessa os caminhos montanhosos de uma região remota do Curdistão Iraniano. Carregam grandes quadros negros às costas, viajam de cidade em cidade à procura de alunos. O ruído inesperado e ameaçador de helicópteros sobre as suas cabeças força-os a procurar refúgio perante um inimigo que não podem ver…

Queria Ser

Sílvia Firmino
55´ | Portugal | 2008

Uma escola primária em risco de fechar no interior de Portugal. Dez alunos, do primeiro ao quarto ano letivo, numa mesma sala. Um filme que vai à procura de um programa de reforço à leitura e encontra a força, as ambições e os medos destas crianças.

Race to Nowhere (corrida para lugar nenhum)

Vicky Abeles
85′ | EUA | 2010

Mais do que um retrato de um sistema de ensino, este filme é uma fotografia de uma sociedade que exige dos seus cidadãos mais novos perfomances escolares altamente competitivas e, consequentemente, inumanas. A luta por um lugar numa das melhores universidades americanas deixa pelo caminho, como toda e qualquer luta, estropiados e “danos colaterais”: não são poucos os adolescentes que desenvolvem, nesta batalha desigual, problemas físicos e mentais.

En Rachâchant

Jean-Marie Straub e Danièle Huillet
7′ | França | 1982
M/12

Ernesto é uma criança que não quer ir à escola porque, insolitamente, afirma que nela lhe ensinam coisas que ele ainda não sabe.

O rapaz de cabelos verdes

Joseph Losey
82′ | EUA | 1948
M/12

Peter é um rapaz que ficou orfão durante a guerra. Muda de casa várias vezes empurrado de uns parentes para os outros. Acaba então por ir viver com Gramp onde encontra amizade e um lar estável, até que um dia repara que está diferente e que o seu aspecto fásico tem agora algo que o distingue fortemente das outras pessoas. Peter passa então a ser discriminado por todos até descobrir que afinal aquilo que lhe acontecera traz uma importante mensagem ao mundo… Este filme anti-bélico extremamente original e com uma estética invulgar, é uma obra a não perder.

O Rapaz do Pijama às Riscas

Mark Herman
94′ | Reino Unido/EUA | 2008
M/12

Um rapaz de oito anos, Bruno (Asa Butterfield) é o protegido filho de um agente nazi (David Thewlis) cuja promoção leva a família a sair da sua confortável casa em Berlim para uma despovoada região onde o solitário jovem não encontra nada para fazer nem ninguém com quem brincar. Esmagado pelo aborrecimento e traído pela curiosidade, Bruno ignora os constantes avisos da mãe (Vera Farmiga) para não explorar o jardim, por detrás da casa, e dirige-se à quinta que viu ali perto. Nesse local, Bruno conhece Shmuel (Jack Scanlon), um rapaz da sua idade que vive numa realidade paralela, do outro lado da vedação de arame farpado. O encontro de Bruno com este rapaz de pijama às riscas vai arrancá-lo da sua inocência e resultar no despontar da sua consciência sobre o mundo adulto que o rodeia. Os repetidos e secretos encontros com Shmuel desaguam numa amizade com consequências inesperadas e devastadoras.

Ritmo e Sedução

Liz Friedlander
110′ | EUA | 2006

Trata-se de um filme inspirado na história verdadeira de Pierre Dulaine, um professor de dança de Manhattan que disponibiliza o seu tempo para ensinar danças de salão a um grupo de estudantes de uma escola de Nova Iorque que estão de castigo.
Um ex-bailarino é colocado numa escola pública de uma zona “problemática” de uma grande cidade, para dar aulas de dança. Para além da rebeldia e do carácter problemático dos seus alunos, o novo professor tem que se debater contra o interesse exclusivo de todos eles pelo Hip-Hop.

Sarafina!

Darrell Roodt
115′ | França | 1992

Sarafina! narra uma história de oposição ao regime do Apartheid. Uma professora de história foge, nas suas aulas, ao currículo oficial, saturadamente ideológico. Os estudantes gritam “Libertem Mandela!”. Tudo começa a correr mal quando um polícia dispara sobre vários alunos numa sala de aula.

Sementes de Violência

Richard Brooks
97′ | EUA | 1955
M/12

Richard Dadier quer ajudar a mudar o seu pequeno canto do mundo. Alguns acham que a sua causa é uma causa perdida. Dadier é o novo professor da escola secundária North Manual, num bairro degradado da cidade: tensões raciais, violência, gangs e apatia são o pão-nosso de cada dia. E os temas deste filme ainda ressoam nos dias de hoje. No papel de Dadier, Glenn Ford não renuncia aos seus ideais e paga um preço alto no seu confronto com adolescentes problemáticos, entre os quais Vic Morrow e, numa interpretação estelar, o incomparável Sydney Poitier. Realizado por Richard Brooks, Sementes de Violência é um filme impetuoso, pertinente e ousado. E abre com Rock Around the Clock, considerado o primeiro tema musical rock’n’roll num filme de grande audiência.

Ser e Ter

Nicholas Philibert
104′ | França | 2002
M/6

Numa escola primária na região de Auvergne, em França, Georges Lopez é professor de uma turma de treze crianças, com idades compreendidas entre os 4 e os 10 anos. Lopez ensina três grupos de diferentes idades em lições separadas, certificando-se sempre de que eles entendem as tarefas que lhes são pedidas – quer seja para pintarem um desenho, aprenderem matemática ou a fazerem crepes.
Lopez, um educador veterano à beira da reforma, é um modelo de sensibilidade e compreensão a lidar com crianças. Nunca levantando a sua voz e falando diretamente com eles, o seu afeto é tão notório como o respeito e a confiança que as crianças têm por ele.

Um Sonho Possível (The Blind Side) 

John Lee Hancock
128′ | EUA | 2009
M/12

Michael Oher, um teenager sem abrigo que sobrevive como pode, é avistado na rua por Leigh Anne Tuohy. Esta, reconhecendo-o como colega de escola da sua filha, insiste para que ele saia do frio, dado que é pleno inverno e Michael está de calções e t-shirt. Sem hesitar, Leigh convida-o a passar a noite na sua casa. O que começou como um gesto de ternura tornou-se em algo mais quando Michael passou a fazer parte da família Tuohy. Vivendo neste novo ambiente, o rapaz encontra desafios completamente diferentes daqueles que tinha. À medida que o tempo foi passando, Michael começou a descobrir o seu potencial (não só como jogador de Futebol Americano), e a sua presença no seio dos Tuohy levou-os a descobrirem um pouco mais sobre eles próprios.

O Substituto

Tony Kaye
97 min. | EUA | 2011
M/12

Henry Barthes (Adrien Brody) é professor de liceu e possui um talento nato para criar empatia com jovens. Porém, decidido a não criar vínculos com nenhum, optou por uma carreira de substituição, orientando, por curtos períodos, turmas que por um motivo ou outro ficaram sem docente. Até ao dia em que é colocado numa problemática escola pública, onde o corpo de professores se debate com adolescentes desmotivados e violentos. Ao descobrir uma ligação improvável com os seus novos alunos, com uma professora da escola e uma jovem problemática que recolhe das ruas, Henry apercebe-se que o seu dom natural pode realmente fazer diferença nas vidas de algumas pessoas e que, mesmo que o preço seja a perda de alguma paz de espírito, vale a pena o envolvimento…¿Realizado por Tony Kaye (“América Proibida”, “Lake of Fire”, “Black Water Transit”), “O Substituto” conta ainda com a colaboração de Christina Hendricks, James Caan, Marcia Gay Harden, Lucy Liu, Blythe Danner, Tim Blake Nelson, Bryan Cranston, William Petersen e dos estreantes Betty Kaye e Sami Gayle.

This is England (Isto é Inglaterra)

Shane Meadows
101′ | Reino Unido | 2006
M/16

1983. Inglaterra. Shaun, um miúdo problemático, a contas com a morte do pai na guerra das Malvinas, é o alvo preferido dos colegas da escola. Até que um dia em conhece uns rapazes da cena skinhead local que o ajudam e acolhem no seu grupo. A amizade tornar-se-á muito forte até ser obrigado a fazer uma difícil escolha…

Todos contra Léo

Christophe Honoré
90′ | França | 2002

Um jovem adulto de 21 anos (Léo) é surpreendido com a notícia de que é seropositivo. Dá a terrível notícia a toda a sua família, exceto ao seu irmão mais novo (Marcel) que todos julgam ser muito imaturo para lidar com o problema.

Trabalhos de casa 

Abbas Kiarostami
86′ | Irão | 1990

Obra de baixo orçamento, este filme de Kiarostami recorre ao interrogatório/testemunho de crianças que, na primeira pessoa, retratam a sociedade iraniana, o seu sistema de ensino e o nível cultural de algumas famílias deste país. Trata-se de um documentário que relata um tempo de transição: as crianças iranianas, agora alfabetizadas, contrastam com os seus pais, maioritariamente analfabetos que, por o serem, não conseguem auxiliar os seus filhos nos trabalhos de casa. Apesar das melhorias introduzidas pelas reformas políticas dos Mullahs, denuncia-se ainda um sistema de ensino muito tradicional: castigador e pouco respeitador da criatividade das crianças.

A Turma (Entre les Murs)

Laurent Cantet
128´ | França | 2008
M/12

O grande vencedor da Palma de Ouro do último Festival de Cannes e um verdadeiro acontecimento em França: Entre les Murs ilustra a multiplicidade cultural e as várias tensões acumuladas dentro de uma turma de liceu em Paris. Adaptado do livro homónimo do professor, jornalista e escritor François Begaudeau (que neste filme se representa a si mesmo), este projeto revela a experiência diária do ensino e alunos de carne e osso que interpretaram e improvisaram os seus próprios papéis numa crónica ambígua sobre a Europa contemporânea.

Vão-me buscar alecrim 

Joshua e Ben Safdie
98′ | EUA | 2009
M/12

Filme autobiográfico, Vão-me buscar alecrim retrata duas semanas da vida de dois gémeos (que habitualmente vivem com a mãe) com o seu pai divorciado. O quotidiano de um homem sem crianças e a ansiedade por um fragmento de vida perfeito dita a vivência de momentos de riso e de risco. Trata-se, sem moralismos, de um filme sobre a paternidade e a contradição vivida nesta entre o adulto (a assunção das responsabilidades inerentes a este papel) e a criança (a interpretação teatral do colega de brincadeira incontornável num pai não pontualmente afetivo) que todo o pai tem de ser. Apesar disso, entre a negligência e a responsabilidade, o amor paternal impera num filme pouco dado aos lugares comuns de um certo discurso educativo.

A versão Browning

Mike Figgis
97′ | EUA | 1994

Andrew Crocker Harris é um professor de grego e latim detestado pelos seus alunos. Depois de quase 20 anos dedicados à docência, é pressionado para abandonar a profissão sob o falso pretexto de doença, com o risco de não lhe ser atribuída nenhuma pensão. Os alunos olham para ele, não injustificadamente, como uma espécie de Hitler. A sua vida pessoal também já conheceu melhores dias. Para superar todas estas desilusões reforça a figura do professor autoritário, implacável e simultaneamente. Poderá algum dos seus alunos levá-lo a readquirir algum equilíbrio?

The Wall

Alan Parker
95′ | Inglaterra | 1982

Com Bob Geldof no papel principal, é um filme com uma estrutura pouco tradicional. Apesar de basear na obra homónima dos Pink Floyd, não é também um musical. O filme relata a história de uma vítima da segunda guerra mundial. Pink, um rapaz que perdeu o seu pai no conflito que fraturou o século XX, desenvolve uma relação muito próxima com a sua mãe. Torna-se uma estrela de rock, casa-se com uma mulher, membro da sua banda, que entretanto o trai. Depois de tentar o suicídio, motivado por uma infância vazia e um casamento esgotado, imagina-se líder de um grupo Neonazi.
O argumento do filme foi construído por um dos membros da carismática banda rock dos anos 70, os Pink Floyd: Roger Waters.

Yuki e Nina

Hippolyte Girardot e Nobuhiro Suwa
92′ | França | 2009
M/12

Com Bob Geldof no papel principal, é um filme com uma estrutura pouco tradicional. Apesar de basear na obra homónima dos Pink Floyd, não é também um musical. O filme relata a história de uma vítima da segunda guerra mundial. Pink, um rapaz que perdeu o seu pai no conflito que fraturou o século XX, desenvolve uma relação muito próxima com a sua mãe. Torna-se uma estrela de rock, casa-se com uma mulher, membro da sua banda, que entretanto o trai. Depois de tentar o suicídio, motivado por uma infância vazia e um casamento esgotado, imagina-se líder de um grupo Neonazi.
O argumento do filme foi construído por um dos membros da carismática banda rock dos anos 70, os Pink Floyd: Roger Waters.

Zéro de Conduite (Zero em Comportamento)

Jean Vigo
45′ | Itália | 1933

Baseado nas memórias de infância de Jean Vigo, Zéro en Conduite retrata os sistemas educativos franceses da primeira metade do século XX: autoritários e repressivos. Apesar de apelar ao conformismo, este sistema pouco conseguirá face às leituras libertárias efetuadas pelos alunos que os conduzirão à contestação. O título do filme refere-se à qualificação (nota) que um dos rapazes recebe e que os impede de sair ao domingo. Apesar de ser uma das grande obras-primas de sempre na história do cinema, Zéro de Conduite foi proibido durante doze anos em França.

Os 400 Golpes

François Truffaut
93′ | França | 1959

Antoine Daniel é um adolescente de 14 anos que não suporta a escola. Vive nos subúrbios de Paris, numa difícil atmosfera social, e é pouco assíduo na escola, chegando a justificar a sua sistemática ausência às aulas com a suposta morte da mãe.
Ir ao cinema e brincar com os amigos são apenas alguns dos expedientes que encontrará para passar o tempo. Outros, bastante mais nocivos, serão pequenos furtos.